by Hellder 'Lage' de Pinho
xiba-te
by Hellder Pinho, em 02.06.11 às 21:06link do post | favorito

Portugal vive desde a revolução dos anos 70 (no século passado) num sistema bipartidário, ora governa a esquerda ora a direita com algumas nuances de coligações de conveniência, na prática os dois partidos embora afirmem defender ideologias distintas têm ideias e discursos idênticos que apenas diferem na mascara retórica que os adorna.

As suas estruturas enraizaram no sistema estatal hábitos de compadrio político (independentemente da alcunha: boys, caciques, etc) que a partir de cargos estratégicos controlam o sistema «mungendo a têta» do erário público.

Ao longo dos tempos e por sistema, após as eleições verifica-se a rotatividade nos cargos directivos do sistema público de acordo com a cor politica eleita, além de que governo a após governo foram sendo criados por sistema novos departamentos, institutos, fundações, etc. e tal, destinados a dar mais cargos aos «compadres» do sistema.

Gordura não é formosura e o sistema arriou com o peso da estrutura administrativa e «burrucrática», a máquina do estado está a rebentar pelas costuras arrastando com ela a economia nacional que está pela hora da morte.

Está na hora de mudar de sistema, a revolução faz-se com o voto (as eleições são domingo), e o melhor caminho é regressar ás origens,

virar á direita.

o sistema dos partidos e os partidos do sistema

teias de aranha
Shelfari: Book reviews on your book blog
pesquisar
 
blogs SAPO