by Hellder 'Lage' de Pinho
xiba-te
by Hellder Pinho, em 30.09.10 às 22:44link do post | favorito

eu murcom me confesso, porque fui um murconsola quando fiquei calado ao ouvir na mesa do lado no café a gaja a vangloriar-se que que sabia todos os truques e esquemas e a ela ninguém lhe recusava o carimbo nas cartas do fundo desemprego, e que não vale a pena trabalhar por uma côdea quando se tem a têta do estado...

...continua

café... murcon...


xiba-te
by Hellder Pinho, em 22.09.10 às 21:20link do post | favorito

Vi-te quando saía do emprego,
piscaste os meus olhos com o teu habitual sorriso tímido,
senti-me intimidado quando te apanhei de frente
mas o teu natural tom rosado não deixava duvidas,
estavas no teu maior fulgor de beleza,
é então que decido ir atrás de ti.
Desliguei o “automático” e segui o meu instinto,
desci ao vale,
cruzei o rio na velha ponte,
e subi a serra sem olhar para o lado,
agora sabia de cor o caminho
e como te encontrar.
O meu destino eras tu!
Foi no nosso - há muito esquecido -
mas sempre eterno recanto que te achei.
Saí do carro e corri outeiro a baixo para te ver melhor,
frente a frente…
deixei que me beijasses
uma,
outra,
e mais outra vez,
os poucos minutos que se passaram foram uma longa eternidade
a ver-te desaparecer no firmamento.
Feliz,
virei as costas sem te dizer adeus,
vemo-nos amanhã.
Por-do-sol ... sobre Ovar e a ria de Aveiro


xiba-te
by Hellder Pinho, em 15.09.10 às 21:24link do post | favorito

Aviado o receituário a farmacêutica pergunta:

- Em que nome passo o recibo?

- Estanislau…

- Stanislav!

Corrige de imediato a farmacêutica,

empertigada responde a cliente:

- Qual EstaLISNAVE qual quê, é Estanislau cumó pai!

Lisnave

tags: ,

xiba-te
by Hellder Pinho, em 12.09.10 às 19:56link do post | favorito

Incansavelmente tecnicos informaticos tentam (incessantemente) resolver o bug que tem impedido a divulgação do acórdão da sentença do processo Casa Pia, contudo teimosamente parte das folhas continuam a sair da impressora "em branco" como se no que falta do documento nada (ainda) tivesse sido escrito.

Impressora do Processo Casa Pia


xiba-te
by Hellder Pinho, em 10.09.10 às 17:41link do post | favorito

** recebido por e-mail **

 

Pagamento SCUT´S: Haverá portugueses de 1ª e de 2ª?

 

Caros Amigos, Salvo algum lapso involuntário,

as seguintes vias com características de Auto-Estrada:

- Eixo norte-sul (todo)
- A1 (entre Lisboa e Alverca)
- A2 (entre Lisboa e Coina)
- A5 (entre Lisboa e Porto Salvo/Oeiras)
- A8 entre (Lisboa e Loures)
- A23 (toda)
- IC2 (todo, entre Lisboa e Póvoa de S.ta Iria)
- IC2, (todo, entre Almada e a Costa de Caparica)
- IC17/CRIL (todo)
- IC19 (todo, entre Lisboa e Sintra)
- IC21 (toda, entre Coina e o Barreiro)
- IC32 (toda, entre a A2 (Coina) e Alcochete)
não pagam qualquer portagem nem está previsto que venham a pagar.

Estamos a falar de mais de 1000 km.

Isto na Grande Lisboa.

Percebe-se, é uma região desfavorecida do país, com poder de compra muito abaixo da média nacional...
Direitos iguais, deveres iguais!

Se Lisboa não paga portagens, o Norte também não tem de as pagar!!!
Passa esta mensagem para que todos os Portugueses conheçam esta injustiça do actual Governo.

Pagam todos ou não paga ninguém!!!


xiba-te
by Hellder Pinho, em 09.09.10 às 21:37link do post | favorito

“se algo pode vir a correr mal,

por certo vai acontecer”

 

O acórdão "final" do processo Casa Pia continua por revelar, de acordo com o tribunal esta situação deve-se a um problema informático,

 

coisas da Lei… de Murphy?!


Papelada


xiba-te
by Hellder Pinho, em 07.09.10 às 22:01link do post | favorito

A viagem de casa para o trabalho é feita quase sempre a um ritmo vagaroso, o trânsito é pouco mas o percurso e a vontade assim o ditam, hoje era mais um desses dias…

eis quando a Minha (Nossa) Senhora do carro da frente decide dar o pisca, travar logo de seguida e “zumba” virar á esquerda...

arranco, desta vez com os olhos na estrada, poucos metros passados e desfeita uma pequena curva, na minha frente…

dois carros a par, um deles vem em ultrapassagem na minha direcção, levantei o pé do acelerador, encostei á direita…

e foi por Deus!

ultrepassagem


xiba-te
by Hellder Pinho, em 05.09.10 às 19:57link do post | favorito

Depois de me ter cortado o pouco cabelo, que ainda me adornava a prolongada testa, a cabeleireira pergunta:

- Risco ao meio? Risco ao lado? Secador? Gel?

Debaixo de um emaranhado de rolos gritou uma velhota:

- Ó rapariga, tu rapaste-lhe o cabelo todo…

e agora queres fazer-lhe uma mise??!

me myself and i


xiba-te
by Hellder Pinho, em 03.09.10 às 22:33link do post | favorito

No consenso geral Kafkiano é sinonimo de algo irreal ou de uma situação inconcebível, contudo no contexto actual o sentido da palavra pode ser outra.

 

Recuando um século, o eterno livro de Franz Kafka, "O Processo", descreve-nos a situação de um cidadão ao qual é instaurado um processo sem que lhe seja revelado o delito. O cidadão acusado por uma estranha forma de justiça envolve-se com advogados tanto dos do tipo experiente como dos do tipo influente, emaranha-se num calvário de repartições manhosas, recorrendo a pedidos, requerimentos, e coisas que tais, num desenrolar de peripécias que "não atam nem desatam" e que levam o cidadão à insanidade.

O Processo - Kafka

Ao fim de 6 eternos anos de martírio judicial foram agora conhecidas as sentenças (de tribunal de  primeira instância) aplicadas aos arguidos do Processo Casa Pia, contudo estas não vêm ao caso já que todos os condenados a penas de prisão efectiva, reclamam inocência, dizem-se injustiçados, continuam em liberdade e vão recorrer das sentenças.

Processo Casa Pia

O relato surreal de Kafka é uma obra de ficção,
e qualquer semelhança com o actual estado da justiça portuguesa

é pura coincidência... ou...


xiba-te
by Hellder Pinho, em 01.09.10 às 00:11link do post | favorito

O "aguardado" chega mas, para a maioria, não basta
enquanto a nossa economia for minguante
as nossas posses serão directamente proporcionais
e pelo andar da carruagem não é tão cedo que isto muda

 

 

Xutos & Pontapés - Dia de São Receber

 


teias de aranha
Shelfari: Book reviews on your book blog
pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds