by Hellder 'Lage' de Pinho
xiba-te
by Hellder Pinho, em 30.10.11 às 21:21link do post | favorito

o que é que um homem pode querer mais?!

que os miúdos demorem a escolher os bolos

que a mulher continue entretida ao telemóvel

que a empregada não se insinue (não, hoje não)

o café quente e gostoso

o pastel de nata requintadamente polvilhado com canela

livro na frente… e

           que a autora aproveite esta refrega

e continue a escrever até perder o fôlego.

 

O que é bom, LER!


o que é bom, LER!

tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 26.10.11 às 20:46link do post | favorito

Chegou o Outono: troveja, relampeja, chove, torrencialmente, um vento horrível, parece o Inverno este Inferno: estamos em crise, aumenta o custo de vida, mais impostos, só se fala na dívida pública: "paga Zé!"... «raios e coriscos» que vem a ser isto, CHEGA! Toca em frente, «bota prá estrada» porque é preciso erguer este país no meio desta tempestade, «bora lá» bater punho, remar contra a corrente, pedalar, pensar positivo!

Agora:

deixem-me mas é recordar coisas boas!

e «façam o favor de ser felizes!»

façam o favor de ser felizes, pôr-do-sol, Furadouro 22 de oitembro de 2011

façam o favor de ser felizes,

pôr-do-sol, Furadouro 22 de oitembro de 2011


xiba-te
by Hellder Pinho, em 20.10.11 às 21:56link do post | favorito

Com o prenuncio próximo de chuvas e frio chega ao fim este atípico e prolongado Verão, na nossa memoria vão perdurar as noites incríveis, as belas manhãs, as tórridas tardes, ou aqueles pôr-do-sol fantásticos que a todo o custo tentamos agarrar e guardar para sempre na nossa memória.

 

Pôr-do-sol, praia do Furadouro, 8 de Oitembro de 2011 ~ 19:02

Pôr-do-sol, praia do Furadouro, 8 de Oitembro de 2011 ~ 19:02


xiba-te
by Hellder Pinho, em 17.10.11 às 21:57link do post | favorito

Verdes são os campos, o vale, os montes, e as serras,

madura está a minha saudade!

 

 

Búzio, Macieira de Cambra, 17 de Oitembro de 2011

Búzio, Macieira de Cambra, 17 de Oitembro de 2011

Búzio, Macieira de Cambra, 17 de Oitembro de 2011



xiba-te
by Hellder Pinho, em 14.10.11 às 21:53link do post | favorito

A vida traz-nos destes espinhos, um nascer do sol emoldurado pelo fumo de um terrível incêndio em Vale de Cambra, traz-nos a beleza das imagens que nos entristecem.

 

Nascer do dia sobre Oliveira de Azeméis, visto a partir de Vila Cova

Nascer do dia sobre Oliveira de Azeméis, visto a partir de Vila Cova

Nascer do dia sobre Oliveira de Azeméis, visto a partir de Vila Cova

Nascer do dia sobre Oliveira de Azeméis,

visto a partir de Vila Cova

14 de Oitembro de 2011 ~ 08:00

 


xiba-te
by Hellder Pinho, em 12.10.11 às 22:00link do post | favorito

00:00 uma vaca ainda ronca desalmadamente

01:00 concerto para camião e contentor do lixo

02:00 a bebedeira do gato apaixonado

03:00 lamentos de uma ave vadia

04:00 conversa de cães

05:00 um galo com o despertador avariado

06:00 as capoeiras todas ao rubro

06:40 o sino para a missa primeira

 

Nascer da Lua em São Martinho da Gandara, 12 de Oitembro de 2011 ~ 19:40

Nascer da Lua em São Martinho da Gandara,

12 de Oitembro de 2011 ~ 19:40


xiba-te
by Hellder Pinho, em 11.10.11 às 22:15link do post | favorito

Os dias quentes continuam a transformar este Oitembro

num imemorável: tórrido Outono,

os agoirentos já começam a falar

na crise: da falta de chuva!

 

Pôr-do-sol, praia do Furadouro, 8 de Oitembro de 2011 ~ 19:02

Pôr-do-sol, praia do Furadouro, 8 de Oitembro de 2011 ~ 19:02

Pôr-do-sol, praia do Furadouro, 8 de Oitembro de 2011 ~ 19:02


xiba-te
by Hellder Pinho, em 07.10.11 às 21:58link do post | favorito

O Sol quando nasce assim,

é só para aqueles que apreciam.

 

nascer do Sol sobre Oliveira de Azeméis,  visto a partir de Madail.

nascer do Sol sobre Oliveira de Azeméis,  visto a partir de Madail.

7 de Oitembro de 2011 ~ 08:00,

nascer do Sol sobre Oliveira de Azeméis,

visto a partir de Madail.

tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 06.10.11 às 20:56link do post | favorito

Passada agitação do início das aulas, os “miúdos” começam agora a ganhar ritmo, e novas modas, a primeira a ser notada é a fala (diálogos) que ao longo dos tempos tem sofrido uma evolução… negativa.

 

TIPO, aquelas CENAS que nós não pescamos NÉPIA, é comum sermos considerados uns TECLA 3 (def) porque não entendemos as CENAS que eles dizem, quase que é preciso UM DESENHO, OH DAHHA! (se é que se escreve assim). Outras vezes percebemos tudo logo, OKAPA! Se não percebemos TP (temos pena)! Se assim é YEAP! Este desacordo ortográfico “é uma cena que a mim não me assiste” e PONTO.

 

A pior parte vem a seguir é que escrevem tal como verbalizam, mal… TÁ!

 

Desacordo Ortográfico

imagem meramente ilustratiiva... LOL


xiba-te
by Hellder Pinho, em 03.10.11 às 21:25link do post | favorito

por vezes é no meio de muitas duvidas

que encontramos grandes certezas

 

pôr-do-sol, São Martinho da Gandara, 3 de oitembro de 2011

pôr-do-sol, São Martinho da Gandara, 3 de oitembro de 2011

 


xiba-te
by Hellder Pinho, em 02.10.11 às 19:55link do post | favorito

As “Travessuras da Menina Má” estão contadas num texto directo, harmonioso, e ritmado entrecortado por “piroseiras” e pequenos diálogos em que o bailado das palavras se confunde com um baloiçar malicioso ao som do “manbo”, onde o obsceno aparece com naturalidade, o ridículo parece normal, a paixão é tratada de forma masoquista e doentia (tal maleita que vai e volta). Tão depressa se lê como no momento seguinte entrarmos na história e visitamos aquele recanto pitoresco, ou vemos o detalhe erótico, sórdido ou sofrido da personagem. Começa nos anos 50 e dura 40 anos esta viagem pelo mundo da ambição que atravessa 4 continentes, e está cuidadosamente enquadrada nas sociedades, épocas e valores. Uma narrativa cheia de altos e baixos entre a farsa e a verdade, a glória e a decadência, onde só nos apercebemos da minúcia da trama quando paramos de ler e nos damos por satisfeitos, valeu a pena, Senhor, Mário Vargas Llosa! “Não foi, menino bom?”

 

 

Travessuras da Menina Má - Mário Vargas Llosa * Travessuras de la Niña Mala

 

 

 

 

tags:

teias de aranha
Shelfari: Book reviews on your book blog
pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds