by Hellder 'Lage' de Pinho
xiba-te
by Hellder Pinho, em 10.06.10 às 19:59link do post | favorito

As Damas e os Varões aperaltados,

Que na Ocidental praia Lusitana,

Por bares nunca de antes visitados,

Passaram ainda além circulo urbano,

Em copos e garrafas levantados,

Mais do que permitia o fígado humano,

E entre gente improvável lançaram,

Novas modas, que tanto se elevaram,

 

E também memorias tristes,

Daqueles governantes que vão ditando

As leis, os impostos e as tormentas,

O nosso soldo andaram desbaratando,

E aqueles que por obras horrendas,

Vão a lei ludibriando,

Escrevendo espalharei por toda a parte,

Se tanto me ajudar o engenho e arte.

 

 

Nação Tuga

 

Hoje dia da nação Tuga, do seu grande poeta o zarolho Camões, e das autóctones comunidades dispersas pelo mundo fora (e mais além), é bom que olhemos (com dois olhinhos) para este nosso jardim á beira-mar plantado que está murcho e carregado de ervas daninhas.


tuga a 12 de Junho de 2010 às 20:48
viva a tuga

grande pene a 18 de Junho de 2010 às 12:13
Este texto bonito. escrever é uma terapia natural que nos ajuda não só para lançar luz sobre os problemas, mas também para superar

teias de aranha
Shelfari: Book reviews on your book blog
pesquisar
 
blogs SAPO