by Hellder 'Lage' de Pinho
xiba-te
by Hellder Pinho, em 27.06.10 às 20:04link do post | favorito

Portagens nas SCUTs

No género, uma coisa é certa: Vamos ter de pagar.

Na forma de pagar também: Em Euros.

Então vamos lá discutir a forma de contabilizar… mais proveitoso seria discutir a forma de não pagar, mas os políticos já estão TODOS de acordo e é para pagar, agora atiram-nos areia para os olhos com essa historieta dos registos.

Vamos fingir-nos de tontos e aceitar o logro, teremos outro remédio?

Ponto assente: Se quisermos andar pelas SCUTs vamos ter de colocar no automóvel um dispositivo electrónico de identificação (independentemente do nome que este tenha), no mercado já existe a Via Verde.

Se não o fizermos, pagaremos na mesma e com multa.

A lógica da batata: para haver cobrança tem de primeiro haver debito, para haver debito tem de haver descrição do serviço, para haver descrição do serviço, tem de haver registos de por onde andamos.

Habituemo-nos á devassa electrónica.

Na imagem, modelo que serviu de base á ideia do governo de registar por onde andamos: uma ficha dos bufos da PIDE. A partir de 1 de Julho:

Pagas e não bufas.

Portagens nas SCUTS vs Ficha da PIDE

 

Portagens nas SCUTs

No género, uma coisa é certa: Vamos ter de pagar.

Na forma de pagar também: Em Euros.

Então vamos lá discutir a forma de contabilizar… mais proveitoso seria discutir a forma de não pagar, mas os políticos já estão TODOS de acordo e é para pagar, agora atiram-nos areia para os olhos com essa historieta dos registos.

Vamos fingir-nos de tontos e aceitar o logro, teremos outro remédio?

Ponto assente: Se quisermos andar pelas SCUTs vamos ter de colocar no automóvel um dispositivo electrónico de identificação (independentemente do nome que este tenha), no mercado já existe a Via Verde.

Se não o fizermos, pagaremos na mesma e com multa.

A lógica da batata: para haver cobrança tem de primeiro haver debito, para haver debito tem de haver descrição do serviço, para haver descrição do serviço, tem de haver registos de por onde andamos.

Habituemo-nos á devassa electrónica.

Na imagem, modelo que serviu de base á ideia do governo de registar por onde andamos: uma ficha dos bufos da PIDE. A partir de 1 de Julho:

Pagas e não bufas.


teias de aranha
Shelfari: Book reviews on your book blog
pesquisar
 
blogs SAPO