by Hellder 'Lage' de Pinho
xiba-te
by Hellder Pinho, em 11.12.15 às 22:54link do post | favorito

Um conjunto de vontades e (des)enganos junta-se numa pacata estância termal, os seus protagonistas vão dançando ao ritmo das suas vontades, ora conduzindo, ora deixando-se levar, cada um com um objectivo diferente, mas acertando sempre o passo ao do seu parceiro de ocasião, numa dança pegada, repleta de compassos de insinuada atração e de acordes de desajeitada maquinação.

a valsa do adeus - milan kundera

A Valsa Do Adeus - Milan Kundera


xiba-te
by Hellder Pinho, em 21.09.12 às 21:01link do post | favorito
LUA

Mais um dia que acaba
e a cidade parece dormir,
da janela vejo a luz que bate no chão
e penso em te possuir.
Noite após noite, há já muito tempo,
saio sem saber para onde vou,
chamo por ti, na sombra das ruas,
mas só a lua sabe quem eu sou.
Lua, Lua,
eu quero ver o teu brilhar,
Lua, Lua, Lua,
Eu quero ver o teu sorrir.

Leva-me contigo,
mostra-me onde estás,
é que o pior castigo
é viver assim, sem luz nem paz,
sozinho com o peso do caminho
que se fez para trás...
Lua, eu quero ver o teu brilhar,
no luar, no luar.

Homens de chapéu e cigarros compridos
vagueiam pelas ruas com olhares cheios de nada,
mulheres meio despidas encostadas à parede
fazem-me sinais que finjo não entender.
Loucas são as noites, que passo sem dormir,
loucas são as noites.
Os bares estão fechados já não há onde beber,
este silencio escuro não me deixa adormecer.
Loucas são as noites.

Não há saudade sem regresso, não há noites sem
madrugada,
Ouço ao longe as guitarras, nas quais vou partir,
na névoa construo a minha estrada.

Loucas são as noites, que passo sem dormir,
loucas são as noites...
                      ...::: .by. Pedro Abrunhosa :::...
 
Lua - Loucas são as noites - São Martinho da Gandara

xiba-te
by Hellder Pinho, em 09.05.12 às 22:17link do post | favorito

Bourne Vivaldi

(Bourne Soundtrack/Vivaldi Double Cello Concerto)

The Piano Guys

tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 10.03.12 às 19:10link do post | favorito
 Somewhere Over the Rainbow
Simple Gifts (Piano/Cello Cover)
- The Piano Guys -
tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 09.02.12 às 20:45link do post | favorito

Secrets - OneRepublic

(Cover by Tiffany Alvord & ThePianoGuys)

tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 28.01.12 às 18:40link do post | favorito

Bruno Mars - Just the Way You Are

(Piano Cover) ThePianoGuys

tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 07.01.12 às 18:35link do post | favorito

Jon Schmidt - Rock meets Rachmaninoff - Piano Remix

tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 23.07.11 às 18:44link do post | favorito

Irónico, o insucesso da reabilitação?

 

Rehabe - Amy Winehouse (tradução)

 

Reabilitação

Tentaram mandar-me para a reabilitação

Eu disse "não, não, não"

Sim, eu estive meio em baixo, mas quando eu voltar

Vocês vão saber, saber, saber

Eu não tenho tempo

E se o meu pai pensa que eu estou bem;

Ele tentou mandar-me para a reabilitação

Mas eu não vou, vou, vou

 

Prefiro ficar em casa com o Ray

Não posso ficar 70 dias internada

Por que não há nada

Não há nada que me possam ensinar lá

Que eu não possa aprender com o Senhor Hathaway

 

Não aprendi muito na escola

Mas sei as respostas não estão no fundo de um copo

 

Tentaram mandar-me para a reabilitação

Eu disse "não, não, não"

É, eu estive meio caída, mas quando eu voltar

Vocês vão saber, saber, saber

Eu não tenho tempo

E se o meu pai pensa que eu estou bem;

Ele tentou mandar-me para a reabilitação

Mas eu não vou, vou, vou

 

O tipo disse: “Porque é que tu pensas que estás aqui?”

Eu disse “não faço ideia

Eu vou, vou perder o meu amor

Então tenho sempre uma garrafa por perto”

Ele disse “acho que tu só estás deprimida,

Dá-me um beijo aqui, querida, e vai descansar"

 

Tentaram mandar-me para a reabilitação

Eu disse "não, não, não"

É, eu estive meio caída, mas quando eu voltar

Vocês vão saber, saber, saber

 

Eu nunca mais quero beber

Eu só oh, só preciso de um amigo

Não vou desperdiçar dez semanas

Para toda a gente pensar que estou a recuperar

 

Não é só o meu orgulho

É só até estas lágrimas secarem

 

Tentaram mandar-me para a reabilitação

Eu disse "não, não, não"

É, eu estive meio caída, mas quando eu voltar

Vocês vão saber, saber, saber

Eu não tenho tempo

E se o meu pai pensa que eu estou bem;

Ele tentou mandar-me para a reabilitação

Mas eu não vou, vou, vou

 

tags: ,

xiba-te
by Hellder Pinho, em 01.03.11 às 20:57link do post | favorito

Daniela Mercury

É Carnaval

Hit do Carnaval de 2011


tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 24.02.11 às 21:22link do post | favorito

Sai Prá Rua

 

Tempo que perdes sem decidir
Tempo que gastas sem arriscar
Espaço que te foge das mãos
As coisas que deixas passar

 

Sai prá rua, sai prá rua

 

Deixa o rebanho, pára de pastar
Esquece o conforto do lar

 

Tu sai prá rua
Tu sai prá rua

 

Só tu podes chegar a sentir
Qual a boa solução
Mas uma coisa é mais que certa
Tens de tomar posição

 

Sai prá rua, sai prá rua

 

Deixa o rebanho, pára de pastar
Esquece o conforto do lar

 

Tu sai prá rua
Tu sai prá rua

letra: Xutos & Pontapés
música: Xutos & Pontapés

 

 

 

 

 Não sejas PARVO, sai prá rua


xiba-te
by Hellder Pinho, em 04.01.11 às 20:00link do post | favorito

Por vezes basta um simples toque no auto-radio e o debitar de alguns acordes musicais desperta-nos de imediato recordações há muito perdidas... numa perdida primavera, perdido de amores, perdia-me nos braços de uma menina com cara de atriz de novela, deu tudo certo, cada um seguiu o seu destino.

Gilberto Gil - Não chore mais (No Woman no cry)


xiba-te
by Hellder Pinho, em 28.12.10 às 22:47link do post | favorito

O disco não chegou aos TOP's, se o tivessem posto lá pulverizava a Lady Gaga e o que mais lhe aparecesse pela frente, este verão pelas festas e romarias vendia como pão quente, nas discotecas ambulantes tocava insistentemente e rivalizava com a missa e a cacofonia dos carrinhos de choque, na impossibildade de se fazer um teste de ADN à musica esta continua com muitos pais, "Mas quem será o pai da criança?" vai continuar a badalar neste réveillon.



xiba-te
by Hellder Pinho, em 21.11.10 às 21:19link do post | favorito

Billy Joel - She's Always A Woman – Lyrics/Letra


She can kill with a smile
She can wound with her eyes
She can ruin your faith with her casual lies
And she only reveals what she wants you to see
She hides like a child,
But she's always a woman to me

She can lead you to love
She can take you or leave you
She can ask for the truth
But she'll never believe you
And she'll take what you give her, as long as it's free
Yeah, she steals like a thief
But she's always a woman to me

Oh - she takes care of herself
She can wait if she wants
She's ahead of her time
Oh - and she never gives out
And she never gives in
She just changes her mind

And she'll promise you more
Than the Garden of Eden
Then she'll carelessly cut you
And laugh while you're bleedin'
But she'll bring out the best
And the worst you can be
Blame it all on yourself
Cause she's always a woman to me
--Mhmm--

Oh - she takes care of herself
She can wait if she wants
She's ahead of her time
Oh - and she never gives out
And she never gives in
She just changes her mind

She is frequently kind
And she's suddenly cruel
She can do as she pleases
She's nobody's fool
And she can't be convicted
She's earned her degree
And the most she will do
Is throw shadows at you
But she's always a woman to me
--Mhmm--

 

 

 

tags: ,

xiba-te
by Hellder Pinho, em 01.09.10 às 00:11link do post | favorito

O "aguardado" chega mas, para a maioria, não basta
enquanto a nossa economia for minguante
as nossas posses serão directamente proporcionais
e pelo andar da carruagem não é tão cedo que isto muda

 

 

Xutos & Pontapés - Dia de São Receber

 


xiba-te
by Hellder Pinho, em 28.08.10 às 21:49link do post | favorito

não há fila no multibanco
não há fila na caixa do supermercado
não há fila no restaurante
não há fila na bomba de gasolina

(en)fim do mês!


xiba-te
by Hellder Pinho, em 06.08.10 às 11:56link do post | favorito

Contraluz (Backlight) um filme que vale a pena ver...

BSO - Santos & Pecadores - Tela

 

tags: ,

xiba-te
by Hellder Pinho, em 16.07.10 às 22:48link do post | favorito

Aconteceu ontem na Assembleia da Republica o triste espectáculo do debate sobre o "Estado da Nação", do pouco que vi só retive a vergonhosa imagem de uma tragicomédia que reduziu o problema da pobreza em Portugal a uma discussão tecnocrática e ideológica, como se por milagre as discussões sobre as estatísticas se transformassem em pão e os conceitos em empregos, mas as tristes alegorias da discussão de ontem apenas alimentaram o ego dos deputados e governantes da nação.
Ao contrário deste post que está escrito no passado o nosso País escreve no presente resmas de páginas de uma longa crise, com o desemprego em níveis alarmantes, impostos a subir, poder de compra a decrescer e uma divida publica galopante…

só se pode concluir uma coisa:

They Don't Care About Us



xiba-te
by Hellder Pinho, em 12.07.10 às 20:43link do post | favorito

Hoje em dia as Dunas são (ou deveriam ser) lugares protegidos, mesmo quando identificadas e vedadas os inconscientes insistem em fingir-se de “anafabrutos”.


Dunas, Praia do Furadouro 11 de Julho de 2010

 

DUNAS

 

«Esta música é dedicada a sete rapazes da avenida de Roma.»

 

Dunas, são como divãs,
Biombos indiscretos de alcatrão sujo
Rasgados por cactos e hortelãs,
Deitados nas Dunas, alheios a tudo,
Olhos penetrantes,
Pensamentos lavados.

Bebemos dos lábios, refrescos gelados (refrão)
Selamos segredos,
Saltamos rochedos,
Em camara lenta como na TV,
Palavras a mais na idade dos "PORQUÊ"

Dunas, como que são divãs
Quem nos visse deitados de cabelos molhados bastante enrolados
Sacos camas salgados,
Nas Dunas, roendo maçãs
A ver garrafas de óleo boiando vazias nas ondas da manhã

Bebemos dos lábios, refrescos gelados,
nas dunas!
Em camara lenta como na TV,
Nas dunas..
Refrescos gelados...
Como na Tv...
Nas dunas...

 

Letra: Rui Reininho, Interpretam os GNR!

tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 10.07.10 às 12:46link do post | favorito

Faz parte das nossas memorias de juventude aquele acampamento de “mil novecentos e troca o passo” em que embalados pelo calor e pela cerveja, dedilhando uma qualquer viloa de cordas partidas e acompanhados por uma excepcional precursão de tampos de mesa, desafinávamos as “Dunas” e afinávamos nos beijos daqueles amores de verão que nem sempre ficaram enterrados na areia.

Em 1985 a banda do irreverente Rui Reininho, os GNR, lançou o álbum “Os homens não se querem bonitos”, deste sobreviveu até aos nossos dias o tema “Dunas” que é mais do que um mito, é uma verdade incontornável.


teias de aranha
Shelfari: Book reviews on your book blog
pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds