by Hellder 'Lage' de Pinho
xiba-te
by Hellder Pinho, em 19.09.16 às 21:01link do post | favorito (1)

Nem sempre as coisas nos correm bem.

Por vezes é mesmo assim, tinha de ser, acontece e pronto.

Outras vezes é por pura aselhice, o mais puro ato de tropeçar, cair e... voltar cometer os mesmos erros.

Acontece, da falha mais simples ao erro de palmatória.

Damo-nos conta disso -sempre- tarde de mais, horas, dias, ou até anos após... quando o arrependimento já de nada nos vale e a tristeza nos mortifica a alma... aliviamos a consciência com um qualquer: está feito, não há nada a fazer, enganamos-mos a nós mesmos para aliviar a alma,

É assim, somos humanos.


xiba-te
by Hellder Pinho, em 30.09.15 às 21:35link do post | favorito

Entre o trabalho e casa,

uma pausa de 5 minutos para fazer reset.

 

sunset reset 1

 

sunset reset 2

 


xiba-te
by Hellder Pinho, em 25.07.15 às 15:46link do post | favorito

Carpe Diem - Alguns querem agarrar o mundo com uma

 Alguns querem agarrar o mundo com uma só mão, outros... nem sequer tentam.


xiba-te
by Hellder Pinho, em 23.06.12 às 23:33link do post | favorito

13ª concentração de motoristas da Numofreita - Associação de motoristas de Trerras de Santa Mafalda - Arouca * Grande Festa

 

Numofreita 2012 - Saida dos Motoristas dos Transportes Figueiredo

à saída dos Transportes Alvaro Figueiredo

 

Desfile
desfile
...
subida à Sra da Mó
subida à Sra da Mó
...
fim de festa
fim de festa
...
mais em: Hellder Pinho
tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 16.03.12 às 21:05link do post | favorito

No momento do beijinho de boa noite o meu filho meio ensonado, mas atento a um barulho estranho na rua, pergunta-me se já está a chover, e o pior pesadelo confirma-se:

- Ainda não!

Desejo-lhe sonhos lindos, que sonhe com a chuva.

 

Sonhos Lindos16 de Março, Dia Mundial do Sono

tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 18.02.12 às 23:59link do post | favorito

temos por conceito ser preconceituosos, preferimos avaliar pelas aparências e primeiras impressões, e na maior parte das vezes nem sequer pensamos pela nossa cabeça, usamos a avaliação de outros qual preguiçoso mandrião que nem se dá ao trabalho de pensar um pouco e fazer a sua própria apreciação, muitas vezes somos também vítimas desse mesmo sistema, e vemo-nos assim enredados numa teia que nos enleia e da qual é difícil escapar, pior, outras vezes esta situação é congénita, porque nem sequer nos damos ao trabalho de ensinar aos nossos filhos a verdadeira noção do valor do respeito pelo próximo, o conceito de amizade, e a real noção de verdade.

A distinção entre o bem e o mal não se pode resumir apenas à bipolarização dos conceitos, se tivermos por base os ensinamentos religiosos (quais quer uns) desde que bem interpretados podem ser um bom princípio, mas só isso não chega, é preciso vermos com os olhos da alma, rompermos a cegueira que nos ofusca, e o mais difícil de tudo, porque “nascemos” com essa deficiência que torna a nossa sociedade singular: o erro,

avaliarmos o nosso próximo tal qual gostaríamos nós mesmos de ser reconhecidos.

 

Quem Nós Sabemos (Lod Voldemort) e Belzebu

 

Os bonzinhos foram ao baile de Carnaval, e não é um conceito, até porque estavam lá todos do Ministro das Finanças ao Policia Silva passando pelo padre Manuel, e até Quem Nós Sabemos (o próprio Lord Voldemort) que cedeu amavelmente a dançar com uma das suas mais proeminentes súbditas a inconfundível e simpatiquíssima Belzebu.


xiba-te
by Hellder Pinho, em 31.08.11 às 21:05link do post | favorito

Nos idos tempos da nossa ingénua felicidade infantil, passávamos parte do Agosto acampados no Furadoruro, e a parte mais dolorosa era o fim das partidas, porque estas duravam mesmo até à hora que a avó dizia:

 

Adeus amigo Reguila

Adeus amigo banheiro

A saúde está na mesma

A bolsa… vai sem dinheiro

 

 Parque de Campismo do Furadouro

tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 04.08.11 às 22:02link do post | favorito

Nada melhor para completar um dia de praia do que uma leitura… «O Apóstolo» de Brad Thor é um thriller “ligeiro” de ritmo rápido, bom para desenjoar (de outras leituras) e refrescar (as ideias).

 

a ler «O Apóstolo» de Brad Thor

Furadouro, 4 de Agosto de 2011


xiba-te
by Hellder Pinho, em 01.05.11 às 16:23link do post | favorito

À Mãe

que se deita ás horas que forem

e se levanta antes de todos

que tem um carinho

e vai trabalhar

vê os TPC’s

apalpa a testa

e dá banho

lava, passa e veste

remenda, cozinha e limpa

dá um beijinho de boa noite

e volta ao trabalho…

 

a Mãe Anitas quando era nova

Primeiro de Maio de 2011, Dia da Mãe e dia do Trabalhador.



xiba-te
by Hellder Pinho, em 19.02.11 às 12:50link do post | favorito

 

Uma semana "fantasticamente" alucinante, para condizer ando a ler aquele livro para ADULTOS, da MIÚDA que come daquelas COISAS QUE FAZEM RIR "Alice no País das Maravilhas", à falta de melhor optei pela versão juvenil (única) lida á maneira “crescida”.

 

amanitas precisam-se

 

 

A “dura” semana ainda dura, para almoço: cogumelos,

vá lá!… de lata,

adrenalina ainda há que chegue.

tags: ,

xiba-te
by Hellder Pinho, em 04.01.11 às 20:00link do post | favorito

Por vezes basta um simples toque no auto-radio e o debitar de alguns acordes musicais desperta-nos de imediato recordações há muito perdidas... numa perdida primavera, perdido de amores, perdia-me nos braços de uma menina com cara de atriz de novela, deu tudo certo, cada um seguiu o seu destino.

Gilberto Gil - Não chore mais (No Woman no cry)


xiba-te
by Hellder Pinho, em 01.01.11 às 00:00link do post | favorito

Votos de um 2011

fantasticamente espectacular!

Feliz 2011 * Happy 2011

tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 25.12.10 às 00:00link do post | favorito

Hoje faz anos o Atleta (Aquele que aparece na cruz sempre de calções), vejam lá faz mais de 2000 anos e ainda não lhe perdemos a conta, não admira tem sido muito nosso Amigo, um autêntico sprinter a correr em nosso auxilio, sempre ao nosso lado incansável como um corredor de fundo é Ele que nos auxilia nas provações, e se (quisermos) escutar bem… nos dá os melhores conselhos.

Parabéns Jesus… FELIZ NATAL!

 

Parabéns Jesus… FELIZ NATAL!


xiba-te
by Hellder Pinho, em 04.12.10 às 19:53link do post | favorito

Tons de Outono


xiba-te
by Hellder Pinho, em 12.11.10 às 22:51link do post | favorito

Pois é… dá-se o caso de… andar naqueles dias, e já lá vai algum tempo que não se sai nada de jeito, tenho-me contentado em publicar por aí uns “enlatados” para não perder o ritmo, vou ao Google e vejo como ando teclo “Hellder Pinho” primo enter e pimba já encho uma pagina de pesquisas, posso correr e saltar que não chego aos calcanhares do Tony Carreira…, mesmo assim continua “tudo em branco”, confesso que este advento tempestuoso não tem sido pródigo em imaginação, a politica nacional está murcha, são todos uns bananas, cabeças ocas de onde não sai nada que andam para ali a “encher chouriços” e a enganar o povo, exemplo cabal disso é o OE2011 que de tão fraco tira o “estimulo” a qualquer um, a reboque a economia vai de mal a pior o cenário bem Real parece saído do argumento de um filme de terror: os pobres e a classe media continuam a ser esmifrados até ao tutano e enquanto os ricos gozam de indulgentes benesses o desemprego sobe de forma galopante e com tendências para piorar, a cereja no topo do bolo (ninguém gosta dela) é que o pior ainda está para vir, com o aumento do custo de vida e a diminuição do poder de compra, melhor é nem sequer pensar! Se conseguires aguentar a minha escrita “saramaguica” e ler este post até aqui não vais ter direito a premio de consolação, nem sequer vais para a “casa de partida e recebes dois contos”, sente-te (in)feliz porque partilhas com muitos este infortúnio (nesta altura um tanto ou quanto) masoquista de viver no murcho jardim á beira mar plantado onde todos os dias te picas em espinhos e em que até já nem a senhora da limpeza lá do trabalho se chama Rosa mas tem um qualquer nome arremessado que rima com eva ou ita, Aguenta Coração, melhores dias virão, o FCP há-de ser de novo campeão (muitas vezes), o papa (este ou outro) há-de visitar de novo a catedral, por cá é sempre bem vindo desde que traga de boa nova carradas de turistas a Fátima, É disto que o meu povo gosta…, pode estar tudo a cair, o céu a desabar, a terra a tremer mas á festa ninguém pode faltar e se feriado for ou não se for trabalhar melhor ainda, não á febre que pegue, não há perna manca, não há dor na carteira, Não!… porque: não há festa como esta, é por estas e por outras que encontramos num buraco sem fundo esta (nobre) pobre nação, do peito ilustre lusitano já só restam amarelecidas memórias que já ninguém lê e de que poucos se orgulham.

Neste temporal nem todos estamos no mesmo barco.

Neste temporal nem todos estamos no mesmo barco.


xiba-te
by Hellder Pinho, em 22.09.10 às 21:20link do post | favorito

Vi-te quando saía do emprego,
piscaste os meus olhos com o teu habitual sorriso tímido,
senti-me intimidado quando te apanhei de frente
mas o teu natural tom rosado não deixava duvidas,
estavas no teu maior fulgor de beleza,
é então que decido ir atrás de ti.
Desliguei o “automático” e segui o meu instinto,
desci ao vale,
cruzei o rio na velha ponte,
e subi a serra sem olhar para o lado,
agora sabia de cor o caminho
e como te encontrar.
O meu destino eras tu!
Foi no nosso - há muito esquecido -
mas sempre eterno recanto que te achei.
Saí do carro e corri outeiro a baixo para te ver melhor,
frente a frente…
deixei que me beijasses
uma,
outra,
e mais outra vez,
os poucos minutos que se passaram foram uma longa eternidade
a ver-te desaparecer no firmamento.
Feliz,
virei as costas sem te dizer adeus,
vemo-nos amanhã.
Por-do-sol ... sobre Ovar e a ria de Aveiro


xiba-te
by Hellder Pinho, em 07.09.10 às 22:01link do post | favorito

A viagem de casa para o trabalho é feita quase sempre a um ritmo vagaroso, o trânsito é pouco mas o percurso e a vontade assim o ditam, hoje era mais um desses dias…

eis quando a Minha (Nossa) Senhora do carro da frente decide dar o pisca, travar logo de seguida e “zumba” virar á esquerda...

arranco, desta vez com os olhos na estrada, poucos metros passados e desfeita uma pequena curva, na minha frente…

dois carros a par, um deles vem em ultrapassagem na minha direcção, levantei o pé do acelerador, encostei á direita…

e foi por Deus!

ultrepassagem


xiba-te
by Hellder Pinho, em 05.09.10 às 19:57link do post | favorito

Depois de me ter cortado o pouco cabelo, que ainda me adornava a prolongada testa, a cabeleireira pergunta:

- Risco ao meio? Risco ao lado? Secador? Gel?

Debaixo de um emaranhado de rolos gritou uma velhota:

- Ó rapariga, tu rapaste-lhe o cabelo todo…

e agora queres fazer-lhe uma mise??!

me myself and i


xiba-te
by Hellder Pinho, em 10.07.10 às 12:46link do post | favorito

Faz parte das nossas memorias de juventude aquele acampamento de “mil novecentos e troca o passo” em que embalados pelo calor e pela cerveja, dedilhando uma qualquer viloa de cordas partidas e acompanhados por uma excepcional precursão de tampos de mesa, desafinávamos as “Dunas” e afinávamos nos beijos daqueles amores de verão que nem sempre ficaram enterrados na areia.

Em 1985 a banda do irreverente Rui Reininho, os GNR, lançou o álbum “Os homens não se querem bonitos”, deste sobreviveu até aos nossos dias o tema “Dunas” que é mais do que um mito, é uma verdade incontornável.


xiba-te
by Hellder Pinho, em 04.07.10 às 19:53link do post | favorito

Na semana passada numa conhecida livraria de Coimbra, estava eu já na caixa para pagar, e a minha filha vinha da secção juvenil com mais "Uma Aventura", a funcionaria embrulhava zelosamente o livro que eu criteriosamente havia escolhido, ao aperceber-se a minha filha pergunta:
- é para oferecer a quem papá?
- ...é para mim que faço anos esta semana!
a funcionaria da livraria quase deixou cair o livro e o embrulho acabou por ficar sem laço..., o livro já está meio lido, comecei ontem e recomendo: "As Fogueiras de Deus" da Patricia Anthony.

 

As Fogueiras de Deus, Patricia Anthony


teias de aranha
Shelfari: Book reviews on your book blog
pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds