by Hellder 'Lage' de Pinho
xiba-te
by Hellder Pinho, em 30.09.15 às 21:35link do post | favorito

Entre o trabalho e casa,

uma pausa de 5 minutos para fazer reset.

 

sunset reset 1

 

sunset reset 2

 


xiba-te
by Hellder Pinho, em 12.03.14 às 19:43link do post | favorito

Porque os dias não têm de ser todos iguais.


xiba-te
by Hellder Pinho, em 24.02.12 às 22:27link do post | favorito

um destes dias a chuva há-de voltar

 

uma gota de esperança - são martinho da gandara 24.2.12

São Martinho da Gandara, 24 de Fevereiro de 2012

tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 12.02.12 às 18:56link do post | favorito

Hoje o dia foi bom… amanhã pode até ser melhor!

pôr-do-sol, Cucujães 21 Setembro de 2010... mas até podia ter sido hoje

pôr-do-sol, Cucujães 21 Setembro de 2010

...mas até podia ter sido hoje

tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 31.01.12 às 21:00link do post | favorito

Até os pôr-do-sol mais harmoniosos encerram dias menos agradáveis…

 

Até os pôr-do-sol mais harmoniosos encerram dias menos agradáveis…

São Martinho da Gandara, 31 de Janeiro de 2012

 

tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 04.12.11 às 11:12link do post | favorito

a vida é para ser vivida com intensidade,

rasgada em todos os seus limites,

no fio da navalha (se possível a cortar),

sem perder o fio do horizonte,

sempre, sempre em profundidade…

o nosso destino é o infinito!

 

pôr-do-sol, Furadouro 22 de oitembro de 2011


xiba-te
by Hellder Pinho, em 26.10.11 às 20:46link do post | favorito

Chegou o Outono: troveja, relampeja, chove, torrencialmente, um vento horrível, parece o Inverno este Inferno: estamos em crise, aumenta o custo de vida, mais impostos, só se fala na dívida pública: "paga Zé!"... «raios e coriscos» que vem a ser isto, CHEGA! Toca em frente, «bota prá estrada» porque é preciso erguer este país no meio desta tempestade, «bora lá» bater punho, remar contra a corrente, pedalar, pensar positivo!

Agora:

deixem-me mas é recordar coisas boas!

e «façam o favor de ser felizes!»

façam o favor de ser felizes, pôr-do-sol, Furadouro 22 de oitembro de 2011

façam o favor de ser felizes,

pôr-do-sol, Furadouro 22 de oitembro de 2011


xiba-te
by Hellder Pinho, em 20.10.11 às 21:56link do post | favorito

Com o prenuncio próximo de chuvas e frio chega ao fim este atípico e prolongado Verão, na nossa memoria vão perdurar as noites incríveis, as belas manhãs, as tórridas tardes, ou aqueles pôr-do-sol fantásticos que a todo o custo tentamos agarrar e guardar para sempre na nossa memória.

 

Pôr-do-sol, praia do Furadouro, 8 de Oitembro de 2011 ~ 19:02

Pôr-do-sol, praia do Furadouro, 8 de Oitembro de 2011 ~ 19:02


xiba-te
by Hellder Pinho, em 14.10.11 às 21:53link do post | favorito

A vida traz-nos destes espinhos, um nascer do sol emoldurado pelo fumo de um terrível incêndio em Vale de Cambra, traz-nos a beleza das imagens que nos entristecem.

 

Nascer do dia sobre Oliveira de Azeméis, visto a partir de Vila Cova

Nascer do dia sobre Oliveira de Azeméis, visto a partir de Vila Cova

Nascer do dia sobre Oliveira de Azeméis, visto a partir de Vila Cova

Nascer do dia sobre Oliveira de Azeméis,

visto a partir de Vila Cova

14 de Oitembro de 2011 ~ 08:00

 


xiba-te
by Hellder Pinho, em 12.10.11 às 22:00link do post | favorito

00:00 uma vaca ainda ronca desalmadamente

01:00 concerto para camião e contentor do lixo

02:00 a bebedeira do gato apaixonado

03:00 lamentos de uma ave vadia

04:00 conversa de cães

05:00 um galo com o despertador avariado

06:00 as capoeiras todas ao rubro

06:40 o sino para a missa primeira

 

Nascer da Lua em São Martinho da Gandara, 12 de Oitembro de 2011 ~ 19:40

Nascer da Lua em São Martinho da Gandara,

12 de Oitembro de 2011 ~ 19:40


xiba-te
by Hellder Pinho, em 11.10.11 às 22:15link do post | favorito

Os dias quentes continuam a transformar este Oitembro

num imemorável: tórrido Outono,

os agoirentos já começam a falar

na crise: da falta de chuva!

 

Pôr-do-sol, praia do Furadouro, 8 de Oitembro de 2011 ~ 19:02

Pôr-do-sol, praia do Furadouro, 8 de Oitembro de 2011 ~ 19:02

Pôr-do-sol, praia do Furadouro, 8 de Oitembro de 2011 ~ 19:02


xiba-te
by Hellder Pinho, em 07.10.11 às 21:58link do post | favorito

O Sol quando nasce assim,

é só para aqueles que apreciam.

 

nascer do Sol sobre Oliveira de Azeméis,  visto a partir de Madail.

nascer do Sol sobre Oliveira de Azeméis,  visto a partir de Madail.

7 de Oitembro de 2011 ~ 08:00,

nascer do Sol sobre Oliveira de Azeméis,

visto a partir de Madail.

tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 03.10.11 às 21:25link do post | favorito

por vezes é no meio de muitas duvidas

que encontramos grandes certezas

 

pôr-do-sol, São Martinho da Gandara, 3 de oitembro de 2011

pôr-do-sol, São Martinho da Gandara, 3 de oitembro de 2011

 


xiba-te
by Hellder Pinho, em 22.09.11 às 21:25link do post | favorito

O ultimo pôr-do-sol do Verão de 2011

 O ultimo pôr-do-sol de 2011 - São Martinho da Gandara – 22 de Setembro de 2011

 

 

São Martinho da Gandara – 22 de Setembro de 2011


xiba-te
by Hellder Pinho, em 10.08.11 às 23:44link do post | favorito
Algarve's sunset

sunset @ Sta Eulália beach

10-08-2011

 

tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 19.07.11 às 22:59link do post | favorito

 Pôr-do-sol, praia do Furadouro 15 de Julho de 2011  

Pôr-do-sol, praia do Furadouro 15 de Julho de 2011

tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 05.11.10 às 21:43link do post | favorito

Não te quero senão porque te quero,
e de querer-te a não te querer chego,
e de esperar-te quando não te espero,
passa o meu coração do frio ao fogo.
Quero-te só porque a ti te quero,
Odeio-te sem fim e odiando te rogo,
e a medida do meu amor viajante,
é não te ver e amar-te,
como um cego.

Tal vez consumirá a luz de Janeiro,
seu raio cruel meu coração inteiro,
roubando-me a chave do sossego,
nesta história só eu me morro,
e morrerei de amor porque te quero,
porque te quero amor,
a sangue e fogo.


Pablo Neruda

ao SOL

tags: ,

xiba-te
by Hellder Pinho, em 22.09.10 às 21:20link do post | favorito

Vi-te quando saía do emprego,
piscaste os meus olhos com o teu habitual sorriso tímido,
senti-me intimidado quando te apanhei de frente
mas o teu natural tom rosado não deixava duvidas,
estavas no teu maior fulgor de beleza,
é então que decido ir atrás de ti.
Desliguei o “automático” e segui o meu instinto,
desci ao vale,
cruzei o rio na velha ponte,
e subi a serra sem olhar para o lado,
agora sabia de cor o caminho
e como te encontrar.
O meu destino eras tu!
Foi no nosso - há muito esquecido -
mas sempre eterno recanto que te achei.
Saí do carro e corri outeiro a baixo para te ver melhor,
frente a frente…
deixei que me beijasses
uma,
outra,
e mais outra vez,
os poucos minutos que se passaram foram uma longa eternidade
a ver-te desaparecer no firmamento.
Feliz,
virei as costas sem te dizer adeus,
vemo-nos amanhã.
Por-do-sol ... sobre Ovar e a ria de Aveiro


xiba-te
by Hellder Pinho, em 24.07.10 às 16:52link do post | favorito

ainda sei o que fizeste no verao passado - Por do Sol - Furadouro, Agosto 2009

... e não me esqueço.

tags:

xiba-te
by Hellder Pinho, em 07.12.09 às 20:08link do post | favorito

Transforma-te numa pessoa melhor

e assegura-te de saber quem és

antes de conhecer alguém mais

e deixar que essa pessoa te veja como eras

Gabriel José Garcia Marquez

 

tags: ,

teias de aranha
Shelfari: Book reviews on your book blog
pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds